QUESTIONÁRIO

Pesquisa ouve alunos e famílias de Santos sobre retorno às aulas presenciais

Divulgação/Prefeitura de Santos

Famílias dos alunos da rede municipal e estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA) podem participar a partir deste sábado, 1º, da pesquisa de opinião sobre a possível retomada gradual das aulas presenciais. O questionário está disponível no Santos Portal até 10 de agosto. 

Os resultados serão utilizados para reforçar os estudos do planejamento de retorno das atividades presenciais das escolas. O público-alvo da consulta encontrará perguntas como ‘O quanto você se sente seguro em levar seu filho para a escola, caso as aulas voltem presencialmente a partir de 9 de setembro?’ e ‘Qual o grau de importância da descoberta e distribuição da vacina contra covid-19 para o retorno às aulas presenciais?’, dentre outras indagações. 

Foram desenvolvidos três formulários de questões. Um destinado aos estudantes maiores de idade da EJA, outro aos pais e responsáveis com filhos na educação básica obrigatória e, por fim, às famílias de alunos dos berçários e maternais. 

“A participação das famílias é extremamente importante para que toda a análise seja realizada, levando em consideração aqueles que são atendidos em nossas unidades. Estamos vivenciando um momento com muitos desafios e contamos com a colaboração de todos”, destacou a secretária de educação, Cristina Barletta. A previsão, segundo ela, é de que o retorno seja em setembro, no entanto, a Seduc segue as orientações da Secretaria de Saúde e não iniciará as atividades presenciais sem o aval oficial. “Neste momento, estamos nos preparando para retornar seguindo todos os protocolos exigidos pelos órgãos competentes”.

Participe dos nossos grupos ℹ bit.ly/GRUPOCNGUARUJA 🕵‍♂Informe-se, denuncie!

PLANEJAMENTO DE RETORNO

Para a discussão do assunto, foram criados dois grupos: a Comissão Escolar (Portaria 39/2020 – Seduc), formada para gerenciar as ações e estratégias realizadas nas unidades durante a pandemia, com representantes das equipes gestoras das escolas, supervisores, professores e técnicos da Seduc, e o Comitê Intersetorial (Portaria 87/2020 – GPM), composto por membros das secretarias de Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Gestão, Conselho Municipal de Educação e Escolas Particulares. 

Estão sendo analisados diversos aspectos como a porcentagem de alunos que serão atendidos diariamente, estratégias para entrada e saída dos estudantes e refeições, horários das aulas, sinalização necessária nos espaços, entre outros quesitos que garantam a segurança de todos. Haverá medição de temperatura, tapete sanitário, distribuição de máscaras de pano para os alunos e equipes das escolas (funcionários e professores), mural de informações e outras medidas.